Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra e Região Sudoeste de São Paulo

Cotidiano

Sky matou Sky Livre e pode estar perto de não fornecer canais abertos

A Sky inventou o tal do Sky Livre, uma forma de empurrar para compradores inocentes os receptores de tecnologia SD antigos e usados que ela retirava das casas de seus assinantes que migravam para os planos HD. A Sky pegou estes receptores, deu uma limpada muito mal limpada neles, inventou o produto Sky Livre em que os assinantes compravam um kit de antena e o direito vitalício de assistir aos canais da TV aberta com sinal liberado no satélite da Sky, e de lambuja, ganhava o receptor SD usado da Sky.

Vale lembrar que o lema do Sky Livre era: a parabólica digital da Sky. Desta maneira, o produto estava no mercado para competir com as antenas parabólicas analógicas Banda C, oferecendo qualidade de imagem digital e teoricamente uma sobrevida maior que o sistema analógico no satélite.

tv paga cópia

O consumidor também tinha a opção de comprar pacotes de canais pré pagos, mas esta opção era apenas uma função a mais, a principal era os canais da tv aberta liberados via satélite com imagem digital sendo melhor opção que a parabólica analógica.

Depois que a Sky desovou todo o excedente de receptores usados na mão de inocentes compradores do Sky Livre, por questões de mercado, ela mudou o seu produto para Sky Pré Pago Livre, mudando radicalmente as regras do antigo Sky Livre.

Vale lembrar que a Sky já havia sido pressionada pela Anatel que queria proibir a venda do Sky Livre, leia sobre isto na matéria Anatel poderá proibar a venda do Sky Livre

Pelas regras do Sky Pré Pago Livre a ênfase passou a ser nos pacotes de canais pré pagos e se o cliente fizer a recarga ele tem direto a mais três meses de sinal dos canais abertos no satélite da Sky depois que acabar o período da recarga.

Findando os três meses de canais abertos, se não fizer nova recarga até estes canais abertos ficam bloqueados.

A Sky no entanto ainda mantinha o nome Livre no produto o que levava muitos compradores a ainda comprarem acreditando na regra do Sky Livre, a surpresa só vinha depois que os canais abertos ficavam bloqueados.

Agora no entanto a palavra Livre foi retirada do produto pois a Sky quer desgrudar totalmente a lembrança do lema: a parabólica digital da Sky.

O produto agora é o direito de comprar pacotes de canais pré pagos da Sky para assistir por um determinado tempo e pronto.

O nome é somente Sky Pré Pago, e com isto a Sky matou o Sky Livre de vez.

De brinde o consumidor continua a ganhar três meses a mais de canais abertos quando a recarga de canais pagos acabar, mas abram o olho, até esta regra deve cair em breve, ficando só a opção de recarga, mas a lógica é que este produto também não dure tanto assim, pois as operadoras tem que migrar os seus canais para HD para conseguirem competir e para a Sky não deve ser diferente.

O receptor Sky Livre, Sky Pré Pago Livre, Sky Pré Pago, só suporta canais SD.

A Sky está entregando para os compradores do Sky Pré Pago receptores de satélite novos, modelo S14.

Os usuários dos antigos Sky Livre estão sendo assediados a migrarem para planos pós pagos ou para o novo formato Sky Pré Pago, sem o direito de retornarem às regras do antigo Sky Livre.

Leiam na matéria que também publicamos há um bom tempo: Sky Livre tem surpresa desagradável para quem vira cliente pós pago.

Desta feita, a Sky acaba se reservando o direito desligar os canais abertos SD no seu satélite quando lhe for mais interessante.

Eu então pergunto aos nossos leitores, quem será que desliga primeiro, todos os canais analógicos para as parabólicas analógicas ou os canais abertos SD que eram oferecidos com o produto Sky Livre?

Vale até fazer um bolão de apostas hein.

(Essa matéria foi produzida pelo site: www.gps.pezquiza.com e consideramos que fosse interessante aqui no Taboão Digital)

Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com