Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra, com uma pitada de Humor.

OBRIGADO POR ACESSAR O TABOÃO DIGITAL!
Cultura e Lazer

Record, Rede TV e SBT voltam para os pacotes da Sky

Em breve, os assinantes da Sky poderão ter acesso aos canais SBT, Record TV e Rede TV. A Simba Content, joint-venture que representas os canais abertos, chegou a acordo financeiro com a operadora de TV paga para voltar a ter as emissoras em sua lista de transmissão. O acordo foi anunciado na quarta-feira, 30. As informações são do Estadão.

O acordo financeiro entre a Sky e o SBT, a Record e a Rede TV foi firmado cinco meses após a interrupção da distribuição dos canais abertos pela operadora. O contrato determina que a empresa de TV por assinatura pague à joint-venture um valor por cada assinante, para a distribuição dos sinais Simba.

Inicialmente, o valor pedido pela Simba era de R$ 15 por assinante, prontamente rejeitado por todas as operadoras. De acordo com o Estadão, com o acordo aprovado, a Sky – que tem cerca de 5,5 milhões de assinantes no país – repassará quantia entre R$ 0,90 e R$ 1,00 por assinante.

Silvio Santos chegou a postar vídeo ensinando como pegar o sinal do SBT, Record e Rede TV, “sem depender das operadoras”:

As negociações fora conduzidas pelo ex-presidente da Sky, Ricardo Miranda. O executivo foi contratado pela Simba em maio deste ano, com objetivo de reforçar o contato com as operadoras e resolver a questão que vem se desenrolando desde março.

Relembre

De acordo com a lei nacional que regulamenta o serviço de TV paga, as operadoras devem oferecer canais abertos aos assinantes. Porém, com o desligamento do sinal analógico, o compromisso passou a ser opcional, dependendo da autorização de cada emissora.

A Rede TV, a Record e o SBT, representados pela Simba, alegaram que a remuneração oferecida pelas operadoras não era justa. Também foi dito que boa parte do conteúdo consumido pelos brasileiros, nas próprias TVs pagas, se deve a seus respectivos canais.

Por enquanto, além da Sky, apenas a Vivo também fez acordo com a joint-venture para manter os sinais das emissoras ativos. A Net e a Claro, que já estiveram em vias de um acerto com a Simba Content, recuaram. As negociações seguem em curso.

OBRIGADO POR ACESSAR O TABOÃO DIGITAL!
Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo