Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra, com uma pitada de Humor.

OBRIGADO POR ACESSAR O TABOÃO DIGITAL!
Artigos

Lição de casa: seis dicas que vão fazer a diferença na hora de estudar com os filhos

Se é na escola que o aluno tem o primeiro contato com um conteúdo, é em casa que ele irá fixar aquilo que aprendeu.

É para isso que existe a lição de casa: trata-se do momento em que a criança ou o adolescente vai se dedicar a resolver exercícios e revisar o que foi passado pelo professor.

00Para que esse objetivo seja atingido, porém, cabe aos pais tomar algumas providências. Confira dicas da psicóloga e psicopedagoga clínica, Ana Cássia Maturano.

– Evitar distrações na hora da lição: nada de deixar a criança fazer as tarefas em frente à TV ou ao computador. Fazer tudo ao mesmo tempo atrapalha a produtividade e a concentração.

– Oferecer um local apropriado: o ambiente é um fator decisivo nos estudos. Estudar na mesa de jantar, num lugar barulhento ou pouco iluminado certamente irá exercer um grande impacto na aprendizagem.

– Não faça a lição por ele: muitos pais, quando querem ajudar o filho a fazer a lição, acabam por dar as respostas prontas. Orientar é importante e recomendável, mas dizer qual é a resposta irá prejudicar a aprendizagem do seu filho. Permita que ele erre, se for o caso! Afinal, é errando que ele irá aprender.

– Desenvolva a independência: diferente do que alguns pais podem pensar, não é indicado ficar ao lado do filho do começo ao fim da lição de casa. Isso pode ser feito no começo da vida escolar, mas, com o tempo, é preciso deixar que a criança desenvolva sua independência, e sinta que as tarefas são sua obrigação.

– Descubra o melhor horário: dizer que é melhor estudar de manhã ou à tarde, por 30 minutos ou 1 hora, é muito complicado. Não há receita! Por isso, os pais devem conhecer o filho, perceber em qual horário ela rende mais, está mais descansada. A partir dessa observação, uma rotina deve ser construída, sempre respeitando o ritmo próprio de cada um.

– Pergunte: Mostrar interesse pelo aprendizado dos filhos é o melhor estímulo para que ele siga se dedicando. Pergunte o que ele aprendeu, deixe que ele fale sobre as novas descobertas.

 

Ana Cássia Maturano, psicóloga e psicopedagoga clínica, coautora do livro Puericultura Princípios e Práticas (Ed, Atheneu)

Clínica: Edifício Morumbi Medical Center Rua José Janarelli, 199, cj 126
Tels.: (11) 9 9822 0020 – 3722 4646
Email: cmaturano@hotmail.com

OBRIGADO POR ACESSAR O TABOÃO DIGITAL!
Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo