Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra e Região Sudoeste de São Paulo

Destaque

Confirmada morte de morador de Taboão por Febre Amarela

Um homem de 49 anos, morador de Taboão da Serra, que estava internado no Hospital Couto Maia em Salvador morreu na tarde de ontem (14). A informação foi confirmada ao portal G1 pelo secretário de Saúde do município de Itaberaba, a cerca de 290km da capital Salvador.

O paciente é natural de Itaberaba e havia ido visitar a família. Ele chegou à cidade no dia 5 de janeiro e já apresentava os sintomas da doença.

Ele havia passado o réveillon em Itapecerica da Serra, cidade em que foram encontrados mais de 50 macacos mortos, a secretaria de saúde do município confirmou ao menos que 21 destes de fato tinham a doença.

Isso aumenta a suspeita de que o homem que morreu possa ter sido picado por mosquito contaminado em Itapecerica, antes de viajar para a Bahia.

No município de Itaberaba, depois do ocorrido, a meta é se apressar para vacinar 40 mil pessoas na cidade.

Vacinas em Taboão

As UBS de Taboão da Serra tem aplicado a vacina desde o dia 18 de dezembro. No entanto, agora neste mês de janeiro, diante das notícias veiculadas sobre o avanço de casos da doença em áreas de risco, houve aumento considerável pela procura da vacina.

Em média, as pessoas chegam às 6h30, 6h e até 5h  nos portões das unidades, que só começam a aplicar a vacina por volta das 9h, às vezes 9h30.

Nota da Redação: Alguns moradores relatam demora, falta de organização, outros nem tanto. O fato é que o Brasil de maneira geral se mostra despreparado, antiquado e à beira de voltar a ter um problema que foi equacionado por Oswaldo Cruz, ou seja, estamos de volta ao século XIX!

Se o Brasil é fabricante da vacina, porque não tê-a incluída no calendário de vacinação? Mas, como sempre, o governo vai anunciar isso (só agora), como se fosse um avanço, e na verdade é um “atraso” e atestado de incompetência!

E falamos isso tanto do “governo mortadela” quanto “do coxinha” viu, pois passam os anos, os mandatos e na prática, as “práticas” são as mesmas!

A saúde do povo sempre em último lugar. Tá na hora de mudar, hein, Brasil?!

 

 

Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com