Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra, com uma pitada de Humor.

Cotidiano

Palestra de Prevenção ao Câncer Bucal esclareceu dúvidas em Taboão

Dr. Ronaldo brinca com Dona Neci, durante reunião na Igreja (Fotos: Marcelo Valladao)

Aconteceu no último domingo, dia 5 de agosto,  durante o encontro do grupo “Amigas do Peito” da Paróquia São João Batista a palestra de Prevenção ao Câncer Bucal ministrada pelo Dr. Ronaldo Dias, da NOP clínica especializada em odontologia que é referência em Taboão da Serra.

A segunda parte contou com testemunho da professora Andreza

Participaram da palestra pessoas ligadas ao grupo, que faz um belo trabalho com amigos e familiares de quem já enfrentou essa doença, prevenindo, orientando e apoiando no combate ao câncer de qualquer natureza.

“Pouco se fala nos meios de comunicação sobre o câncer bucal, por isso, faço questão de difundir essa palestra para que possamos nos prevenir e saber mais sobre essa questão”, explicou ele.

Durante a palestra, Dr. Ronaldo esclareceu como se prevenir e principalmente como se autoexaminar, um ato muito importante para acompanhar se está tudo bem e caso tenha dúvidas, a orientação é sempre procurar a orientação de um profissional.

“Quanto mais cedo um câncer for diagnosticado, mais fácil será o tratamento com possibilidade de cura sem grandes traumas”, salientou.

Adriana Marques coordenou o encontro

Por isso, se você apresentar qualquer um desses sintomas por mais de 2 semanas, mesmo não apresentando os fatores mais comuns de causa, visite seu dentista ou médico imediatamente:

  • Feridas na boca sem cicatrizar (mesmo que indolores)
  • Dor persistente na boca (que não passa)
  • Mau hálito persistente (halitose)
  • Caroços no pescoço ou bochecha
  • Mudanças na voz
  • Dificuldade de mastigar ou engolir
  • Vermelhidão ou área esbranquiçada na língua, gengiva ou em outras partes da boca
  • Dor de garganta, irritação ou a sensação de que tem algo preso na garganta
  • Dor e inchaço na mandíbula, chegando a alterar ou incomodar próteses
  • Dentes moles na gengiva

Ao realizar o exame clínico, o profissional de saúde deve solicitar uma biópsia para verificar se a lesão é um tumor maligno. Em caso positivo, é realizado um tratamento que pode ser radioterapia e cirurgia, podendo ser associadas ou isoladas, conforme o caso.

A palestra esclareceu também outras doenças ligadas aos dentes e os possíveis tratamentos.

Na segunda parte do encontro, houve o testemunho da catequista e professora Andreza Rezende, que contou um pouco de como a sua família enfrentou o câncer de seu pai. “Nunca perdemos a fé, essa é a minha mensagem para todos aqui hoje”. Ela chegou a se emocionar em alguns trechos e deixou uma lição de força e humanidade.

O grupo Amigas do Peito foi incentivado pelo Padre Kieran Rudge. Na organização dessa palestra participaram Adriana Marque Silva e Ângela Lima.

As reuniões sempre acontecem em todos os primeiros domingos de cada mês, sempre às 9h.

Veja o vídeo que a NOP produziu sobre o Câncer Bucal:

Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com