Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra e Região Sudoeste de São Paulo

Destaque

Mulher desaparecida em Taboão foi assassinada. Suspeito é preso pela Polícia Civil

Um desfecho trágico no caso do desaparecimento da copeira Dilma Oliveira, que estava sumida desde o dia 11. Ela era moradora do Jardim Saint Morritz e foi encontrada morta em uma casa no Jardim São Judas, com sinais de ter sofrido violência sexual e agressão.

Dilma saiu para trabalhar e não retornou mais (Foto: Divulgação redes sociais)

O suspeito é Wellington Borges, ele foi preso na tarde desta quinta-feira, 16 pela Polícia Civil de Taboão. Acusado de outros crimes de estupro, um no Embu das Artes e outro na zona sul de São Paulo.

Era foragido da Justiça e deve permanecer preso. Há dois anos, havia sido solto, o que nos leva a pensar na eficácia da justiça do nosso país.

Suspeito foi preso rapidamente (foto: Divulgação Polícia Civil)

A Polícia Civil de Taboão, com o trabalho do delegado Dr. Nimoi agiu rápido e conseguiu localizar o suspeito na tarde desta quinta-feira.

O caso ganhou repercussão nacional na TV Bandeirantes, através do programa Brasil Urgente, com Joel Datena.

Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com