Taboão Digital – Notícias sobre Taboão da Serra e Região Sudoeste de São Paulo

Artigos

Você é escravo(a) das aparências?


Luiz Marins – Antropólogo e escritor – www.marins.com.br

O MODO FRUGAL DE VIVER

Luiz Marins

A última moda entre os jovens europeus e americanos é o chamado “The Frugal Way of Life” –
“O modo frugal de viver”.
Frugal significa simples, porém com qualidade. Significa ter menos quantidade e mais
qualidade. Significa se livrar de coisas acidentais e se concentrar nas coisas essenciais para
uma vida com mais significado e relevância.
Desde o Slow Food que teve início na Itália em 1986 até o famoso livro Frugal Innovation de
Navi Radjou e Jaideep Prabhu, que ganhou o prêmio de livro do ano de 2016 (tema da 26a.
Clínica de Gestão da Anthropos em 25 de julho de 2015) e outros como Keep It Simple ou
“princípio do beijo” pelo acrônimo em inglês – KISS – Keep It Simple Stupid – a frugalidade
(simplicidade com qualidade) vem tomando corpo em todo o mundo.
É preciso lembrar que grandes personalidades sempre adotaram o princípio da frugalidade.
Dentre muitos, basta lembrar que Leonardo da Vinci dizia que a "simplicidade é o último grau
de sofisticação" e Albert Einstein afirmava que “tudo deve ser feito da forma mais simples
possível”.

 
Hoje, a busca por uma vida frugal, descomplicada, simples, está em todos os campos:
alimentação frugal; vestimenta frugal; ambiente empresarial frugal, para citar alguns.
Moradores das grandes cidades estão buscando lugares mais tranquilos e simples para viver,
onde a competição não seja por aparências. Em Nova Iorque, (lembre-se da Fogueira das
Vaidades) e na Califórnia, o movimento frugal vem crescendo a cada dia seguindo o exemplo
europeu.
Assim, estão caindo de moda os carrões, as mansões, as roupas de grife, os restaurantes
caríssimos, os hotéis superluxuosos, enfim a ostentação em todas as suas formas e aparências.
Não é por outra razão que entre os livros mais vendidos hoje no mundo está o
“ESSENCIALISMO – A disciplinada busca por menos” de Greg McKeown – tema da 31a. Clínica
de Gestão da Anthropos – onde o autor conclama os leitores para uma vida frugal e focada no
essencial, ensinando a como deixar de lado tudo aquilo que não agregar qualidade de vida e
como viver uma vida simples e feliz.

 
Além de tudo, as modernas pesquisas de neurociência e de grandes universidades têm
reiteradamente demonstrado que uma vida com bons relacionamentos, amigos leais e vida em
comunidade são realmente os fatores fundamentais de uma vida longa e feliz.
Quem tiver maior interesse em entender essas pesquisas e o valor de uma vida frugal, peço
que assista a palestra no TED do Professor Robert Waldinger: What makes a good life?
Lessons from the longest study on happiness (O que faz uma vida boa? Lições do mais longo
estudo sobre felicidade) de Harvard e outras que encontrará sobre o mesmo tema. Acesse
www.ted.com

Viva uma vida frugal, alicerçada em valores e virtudes permanentes, voltada para as coisas
realmente essenciais e descobrirá uma nova vida.

Você é escravo(a) das aparências e se preocupa demais com o que as outras pessoas
possam pensar de você?
Você procura competir ou imitar pessoas que gostam de ostentar riqueza?
Você já pensou em simplificar sua vida?
Pense nisso. Sucesso!

 

Clique para Comentar!

Deixe sua Opinião!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo
HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com